quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Gostaria de investir em uma propriedade vinícola na França? Não sabe como fazer?


Meninas e meninos,

Muitos sonham em serem proprietários de vinícolas, já pensou seu um deles, e ainda por cima na França?

Agora, tudo ficou mais fácil, pois segundo meus amigos do órgão BusinessFrance, a empresa francesa Vino Planners, oferece consultoria e acompanhamento personalizado na concretização de seu projeto vinícola na França.

Muitas são as vantagens de se adquirir uma área em região vitivinícola, segundo o mesmo boletim, além da grande variedade, de produção, qualidade dos vinhos, reputação dos produtos, valor das terras abordável, segurança nos investimentos. O número de investidores estrangeiros no território francês é elevado. A França ocupa o segundo lugar na Europa em termos de fluxo de investimentos Diretos (IED) e 4º lugar no mundo (CNUCED, 2014).

A Vino Planners, localizada em Carcassonne, no sul da França, atua como facilitadora junto aos investidores interessados no setor vinícola, mas que não dispõem de informações e do suporte necessário para realizar tais investimentos.

Ela atua do conceito à execução: define o desejo do cliente, propõe a ele vinícolas que correspondam às suas expectativas, serve de contato local visando auxiliar o cliente na sua aquisição em todas as suas dimensões: escolha do “terroir”, problemática imobiliária, auditoria vinícola, gestão do empreendimento, acompanhamento de ordem jurídica, fiscal, social e contábil, marketing, acondicionamento, oportunidades comerciais entre outros.

 

A Vino Planners trabalha em parceria com empresas especializadas na administração de vinícolas, capazes de fornecer os recursos pessoais e materiais para realizar todos os serviços, da produção à vinificação, passando pelo marketing e pelo comércio.                                                            

Oferece assim uma solução completa e personalizada a cada um dos seus clientes, sendo particularmente adaptada à clientela internacional. Com profundo conhecimento do mercado francês, a Vino Planners possui uma rede de especialistas (advogados, notários, engenheiros vitícolas, enólogos, prestadores de serviço no auxílio à produção, marketing, recursos humanos, comercialização...) pronta a oferecer aos clientes os mais atualizados conselhos, inovações e tecnologias.

 

Executivos e empresários de diversos países como Estados Unidos, China, Rússia, Grã-Bretanha, França, Bélgica, Holanda, Suécia, Alemanha, Suíça e Dinamarca, já investem no mercado vinícola francês através da Vino Planners. Agora, a empresa passa a oferecer seus serviços também no Brasil, facilitando aos investidores locais o acesso às melhores oportunidades do mercado vinícola francês. A foto é da divulgação
Visite: http://vinoplanners.com/vinoplanners/

NÃO SE ESQUEÇA.  WWW.DIVINOGUIA.COM.BR
Até o próximo brinde!

 
Álvaro Cézar Galvão

 

 

 

 

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Aberta a Vindima 2016 no Vale dos Vinhedos


Meninas e meninos,

Enquanto uma equipe de jornalistas, eu dentre eles, convidados pela prefeitura municipal de Bento Gonçalves e pelo anfitrião Vinícola Dal Pizzol, para a colheita de uvas em seu fabuloso empreendimento Vinhedo do Mundo, no Ecomuseu da Cultura do Vinho, localizado na Rota Cantinas Históricas, em Faria Lemos, para a Colheita Simbólica no do Vinum Mundi, que se estendeu em um delicioso almoço até bem mais tarde, visto serem 50 pessoas a convidadas, outro grupo, com turistas, moradores da região e enófilos às 17h, participava de um curso de degustação, no Hotel Villa Michelon, ministrado pelo enólogo Rogério Carlos Valduga, da Vinícola Torcello.

Estas atrações, em conjunto, fizeram, na verdade uma festa só, a abertura da Vindima no Vale dos Vinhedos, e não ficou por aí.

Em seguida ao curso foi aberta oficialmente a Vindima 2016, com o diretor geral do Hotel Villa Michelon, Moysés Luiz Michelon, organizador do evento com o apoio da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), dando as boas-vindas a todos, e lembrando as dificuldades diárias, tanto de produtores quanto de vitivinicultores.

A seguir a pisa das uvas pela rainha e princesas do Vale dos Vinhedos, Rochelli Conzatti Pereira, Graziela Feil e Júlia Barbieri Zorrer, respectivamente, embalada pela Banda Furiosa na Sociedade 8 da Graciema, que não deixou de lado a fé dos imigrantes com ato religioso celebrado no local, e em seguida teve início o filó italiano que contou com culinária colonial, degustação de vinhos, sucos de uva e espumantes das vinícolas do Vale dos Vinhedos. Corais típicos da região, jogos de baralho e mora também fizeram parte do evento.

O Vale dos Vinhedos conta com mais de 400 propriedades que nessa época do ano estão carregadas de uvas, fruta quase pronta para ser colhida. Até março, a rota turística fica ainda mais movimentada com os caminhões que vão e vem para entregar a frutas nas vinícolas para logo em seguida dar início ao processo de elaboração dos vinhos e espumantes.
Crédito fotos: Merlo Fotografias
Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

 

sábado, 2 de janeiro de 2016




Meninas e meninos,
Para lembrar que já estamos em 2016, coloco agora algumas máximas e reflexões à mim enviadas pelos amigos leitores, algumas sem autoria, mas todas entre parentesis.

ACASO...
"Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra.
Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós.
Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito, mas há os que não levam nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso.”
Antoine de Saint-Exupéry

“Ainda que eu falasse a língua dos homens, e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria”.
FELIZ 2016  com ótimos vinhos, ótima gastronomia e principalmente ótimas companhias.

Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

PRIMEIRO FESTIVAL GASTRONÔMICO DA RUA DO ALECRIM


Meninas e meninos,

Uma boa pedida é o 1º Festival Gastronômico da Rua do Alecrim, uma loja conceito onde muitos dos produtos que são vendidos, são resultados de muita procura e dedicação dos amigos Arnaldo Comin e Iris Jönck.
Procurem e vejam no site, e quanto ao festival, corram, as vagas são limitadas.
Reserve seu lugar para palestras e oficinas por email:festival@ruadoalecrim.com.br  
Rua do Alecrim
www.ruadoalecrim.com.br
Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Congresso Internacional de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo


Meninas e meninos,

Vamos participar do CIHAT – Congresso Internacional de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo

De 16 à 18 de novembro ocorrerá em São Paulo o principal congresso do Macro setor de Turismo no país, o CIHAT – Congresso Internacional de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo, reúne entidades civis e sindicais, empresários, profissionais, estudantes e docentes de todos os segmentos ligados à atividade, e você é nosso convidado .
Em sua 28º edição o CIHAT está renovado e focando no conhecimento e desenvolvimento da nova economia no Turismo.

O CIHAT dividide-se em diferentes atividades: na área da política setorial traz os Fóruns CNTur, o ForMATS – Fórum de Sustentabilidade e outras reuniões de segmentos, como a das redes hoteleiras (FOHB) e o Fórum Nacional dos Hostels. Além disso a abertura do evento, na segunda às 10h, reunirá as principais lideranças sindicais, setoriaís, políticas e empresariais do trade.

Na área de painéis técnicos o foco é a inovação e as tendências para a gestão e o empreendedorismo. O CIHAT realiza ainda sessões de talk-show entre Academia e Mercado nos Diálogos Essenciais do Turismo; o LabTur com encontros de coletivos de atuação nas cidades; o Festival de Gastronomia, com a presença de renomados chefes e produtos de degustação; e o StartupTur – Concurso Nacional de Startups do Turismo. Em todo o espaço do evento ocorrerá ainda a FISTUR, mostra de produtos e tendências.
As inscrições são gratuitas no site www.abresi.com.br/cihat .

Programação completa abaixo
http://cntur.com.br/participe-do-28o-cihat-16-a-18-de-novembro-abertura-solene-dia-16-11-as-10-horas-centro-de-convencoes-rebolcas-sp/
Até o próximo brinde!

 Álvaro Cézar Galvão

 

domingo, 18 de outubro de 2015


Embalagem Eco-Friendely Naturally Clicquot


Meninas e meninos,
Olhem que bacana a Maison Clicquot aproveitando os resíduos das uvas utilizadas na produção do Champagne fez:
A Maison Veuve Clicquot apresenta a embalagem criativa e eco-friendlyNaturally Clicquot³. Isotérmica, 100% reciclável e biodegradável,a novidade é produzida com resíduos de uvas e papel reciclado, combinação nunca antes usada na história.
A embalagem, que mantém uma garrafa de Veuve Clicquot Yellow Label refrigerada por até duas horas, é discreta e revolucionária ao mesmo tempo. Um produto que afirma a constante preocupação da casa de champagne com a responsabilidade ambiental. Uma verdadeira
eco-revelação que pode ser encontrada 
nas principais capitais da Europa!

Atenta 
aos preciosos terroirs que produzem suas uvas e com e o planeta Terra, a Veuve Clicquot tem inovado ativamente com soluções ambientalmente conscientes: Naturally Clicquot³ se junta às duas versõesbest-sellers anteriormente lançadas, ambas feitas a partir
de fécula de batata e papel reciclado. 

Durante o processo de produção de seus vinhos, os resíduos das uvas são recolhidos e transformados em um pó similar à farinha.
Maleável, mas resistente quando combinado com papel reciclável, o pó torna-se a matéria-prima desta inovadora embalagem.
Veuve Clicquot e a Sustentabilidade
O Maison Veuve Clicquot está na vanguarda da conservação ambiental. Desde o início das práticas de viticultura sustentáveis em 1990,
alcan
çando sua meta de emissão de carbono em 2002, até a implementação contínua de energias renováveis ​​em seu cultivo e produção. Cada passo do processo da produção de seus vinhos é realizado meticulosamente para assegurar que os processos tenham o menor
impacto possível em termos de consumo, emissões e resíduos.
Até o próximo brinde!
Álvaro Cézar Galvão