sexta-feira, 16 de março de 2012

Restaurante Cin Cin em Vancouver, com Steak, Barbera, Grappa e o vinho do amigo Tommasi.



Meninas e meninos,
Depois de sair de São Paulo no vôo das 20 hs, horário Brasileiro, para Toronto-Canadá, e chegar as 10 hs do dia seguinte, horário Canadense, em Vacouver, e ter ficado voando 16hs, sim, pois em Vancouver, temos agora com a entrada do horário de verão, apesar de quase primavera, 5 horas a menos, ou seja: 11 horas de vôo até Toronto, e mais 5 horas até Vancouver, comendo mal, desajeitado e cheio de câimbras, degustei junto com um belo almoço o Barbera D’Asti Michele Chiarlo Superiore 2009, que acompanhou muito bem um steak com salada de rúcula, tomates cereja e queijo pecorino em lascas.
Pedi o Barbera Superiore justamente para ter a fruta e o álcool com o grelhado, o ácido da salada com a acidez do vinho. Ficou muito bom, e mesmo que não ficasse, só de sentar em um ambiente agradável, comer uma boa refeição, bem feita e com artigos de primeira, e degustar o vinho sem a sensação de estar se equilibrando em pernas de pau, sentado com uma mini-bandeja e talheres de plástico, foi bárbaro.
O Restaurante o Cin Cin, um wood fire italian cucina como se autodenomina, é de muito bom gosto, mesas, bar, adega, forno a lenha e grelha.
Completam o ambiente baixelas finas, toalhas e guardanapos de linho, isto sem falar que o restaurant director é o Ricardo Ferreira, um português nascido em Lisboa, pode tamanha globalização?
Taças adequadas, bons preços, para a gastronomia e vinhos, o Barbera U$ 40,00, o steak U$28,00 e finalizando uma grappa, U$9,00 a taça, muito boa, dentre as mais de 15 opções, dentre elas minhas favoritas, as Nonino, mas escolhi a Libarna Moscato, ótima por sinal.
Já vi que meu médico vais ficar “desacorçoado” comigo, como diriam os mineiros, pois vinhos e Grappa logo de cara...
Não podia deixar de dizer, que depois do problema com meu laptop às vésperas desta viagem, em virtude das várias e sucessivas vezes em que a energia tem sido cortada em minha região, e por causa disso também, pela minha falta à degustação já acertada e combinada para a revista Go Where, organizada pelo meu amigo Tommasi, só para provar como eu senti não ter podido estar no compromisso, segue a foto do vinho para mim nunca antes degustado, que quase pedi, mas em virtude dos pratos escolhidos, achei melhor pedir o Barbera do Michele Chiarlo, já meu conhecido.
Restaurante Cin Cin
www.cincin.net
Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

4 comentários:

Jorge Monti de Valsassina disse...

meu amigo alvaro fico feliz que voçe este curtiendo em canada,goste muito da referenca do restaurante ciccin
ele e muito bom parabens por amateria e o blog
teu amigo jorge monti

coloque o restaurante e meu blog
www.restaurantesdomundoblogspot

Álvaro Cézar Galvão disse...

Jorge, voce conhece tudo, obrigado pelas palavras.
Vamos nos ver em breve? Estou saudoso de ti amigo
Abracos de luz(estou num teclado inglez)

Anônimo disse...

BOA VIAGEM ALVARO NOS VEMOS NA PROXIMA DEGUSTACAO

Álvaro Cézar Galvão disse...

Como anônimo não sei quem escreveu, mas de toda a sorte, sempre obrigado pela interatividade, e claro, nos vemos na próxima, porém, não se esqueça de se identificar ok?
Abraços de luz