sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Bouza Albariño 2009 é com a Decanter


Meninas e meninos,
Uma das boas coisas que os vinhos brancos nos proporcionam a nós que vivemos em países tropicais como o Brasil, é que podemos degustá-los mais refrescados, e dependendo da cepa com que foi vinificado, este frescor se torna mais agradável ainda.
É o caso dos vinhos feitos com a cepa Albariño, quando falamos destas uvas na Espanha e países de língua espanhola, e Alvarinho, quando falamos na língua de Camões e Fernando Pessoa.
Nesta boa amostragem que já falei ter visto na iniciativa do Wines of Uruguay , visitei o stand da Bouza Bodega Boutique, que os amigos da Decanter, Adolar Hermann, Guilherme Corrêa e Cezar França representam.
O Albariño que degustei foi o 2010, mas este ainda não está disponível na importadora, está a caminho, em compensação eles ainda têm o 2009.
Da região de Canelones é um V.C.P-Vino Calidad Preferente, que é uma classificação de garantia mínima de qualidade.
Vinho 100%Albariño de cepas provenientes da Galícia –Espanha e com produção em torno das 6000 garrafas.
Cor bem clara tem olfato de frutas e um toque mineral que após algum tempo se transfere em boca.
Floral e ótimo equilíbrio entre acidez e álcool(14,5%) faz deste vinho, que deve ser servido ao redor dos 9 º a 10º C um excelente aperitivo também.
Após algum tempo em taça aparecem tanto no olfato como em boca, até devido à boa acidez, o abacaxi potente.
Parte do vinho é fermentado em barris, o que lhe da um certo corpo untuoso, sem perder a fluidez e frescor, ótimo vinho para entradas, saladas, peixes mais gordurosos como os de couro, pois tem álcool para o combate.
Deve ficar também ótimo com massas ao molho branco e frutos do mar, e algumas frituras.
Não se esqueçam que o Barreado se saiu muito bem com um Alvarinho e também com um Albariño barricado e mais velho, vejam blog .
É um vinho muito versátil para harmonizações e muito fácil de beber.
Decanter
http://www.decanter.com.br/
Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

2 comentários:

Alex Magno disse...

Estive na Bodega Bouza agora em janeiro (2011). Este foi um dos que trouxe. Um branco maravilhoso!

Álvaro Cézar Galvão disse...

Obrigado Alex, e depois comente o que achou deste belo vinho
Abraços de luz
Álvaro Cézar Galvão