domingo, 1 de junho de 2008

Conhecendo um pouco da Don Porfírio


Don Porfírio é um produto exclusivo La Union, elaborado à mão sem qualquer processo mecanizado. Seu blend é uma feliz combinação dos tabacos Mata Fina, Sumatra e Mata Norte, variedades superiores cultivadas no Recôncavo Baiano - região de condições climáticas altamente favoráveis à produção de fumos de primeira qualidade.
O leve e aromático Mata Fina combina muito bem com o forte e adocicado Mata Norte, resultando a textura, sabor e aroma únicos encontrados em cada charuto Don Porfírio.
As folhas de capa Sumatra são utilizadas para conferir a linha Don Porfírio um acabamento fino e sedoso e um sabor particular.
Seu processo de produção e controle de qualidade segue as genuínas técnicas cubanas trazidas ao Brasil pelo Mestre Charuteiro Diógenes Puentes, herdeiro de uma longa tradição familiar no preparo de puros.
O clima do Recôncavo Baiano favorece a cultura de tabacos de alta qualidade, muito semelhantes às variedades cubanas.
Os fumos são avaliados e selecionados pessoalmente pelo Mestre Charuteiro.
Nesta hora começam a nascer o aroma e o sabor únicos de Don Porfírio.
Conheça a diferença entre os tipos de charutos Don Porfírio.
Don Porfírio Belicosos: caracterizam-se por terem um corpo que varia de médio a forte, com um fluxo um pouco mais apertado que os “Robustos”, devido a seu bico afunilado. A característica do bico faz com que os “Belicosos” ofereçam um sabor mais marcante à medida que são consumidos. Sua boa construção lhe proporciona uma queima regular e, sua longa maturação, um perfeito equilíbrio entre sabor e aroma.
Don Porfírio Robustos: apresentam um fluxo um pouco mais solto, porém sem ser leve demais. Esta é uma característica de charutos de bitolas grossas. Seu aroma é suave e adocicado. Proporciona queima e regular e sua cinza é firme.
Don Porfírio Coronas Especiais: são charutos que se utilizam de fumo picado mediano, conhecido no mercado como “Medium Filler”. É considerado um charuto suave, que oferece uma relação custo/beneficio muito generosa.
Don Porfírio Puentes: trata-se de um charuto “Figurado”, afunilado nas duas pontas. É uma homenagem que Diógenes faz ao seu avô, que sempre serviu de inspiração no seu trabalho. Seu fluxo médio e sabor encorpado o caracterizam como um charuto para momentos especiais. Tem um tempo de maturação mais longo e somente é fabricado pelas mãos do Mestre Charuteiro. Por isso sua produção é bastante limitada. Seu sabor varia de médio a forte e seu aroma é marcante e adocicado.
Don Porfírio Compactos : um charuto “Long Filler”, conhecido no mercado como “Petit Coronas”. Trata-se de uma pequena corona de folha longa, ideal para relaxar entre um compromisso e outro ou para quem gosta de fumar na parte da manhã. Apesar de pequenos, seu sabor é intenso.
Até o próximo brinde!
Álvaro Cézar Galvão

2 comentários:

Blog do Eiras disse...

Parabéns pela matéria sobre os charutos!
Comprovei a qualidade excepcional dos charutos Don Porfírio.

Álvaro Cézar Galvão disse...

Márcio, obrigado, e é por esse e outros comentários de incentivo que o blog existe
Abraços de luz
Álvaro Cézar Galvão