terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

É degustando que se aprende.


Meninas e meninos,
Em recente degustação promovida pela unidade de Moema da Grand Cru, aliás, um acolhedor bistrô e loja, me deparei com alguns vinhos que ainda não conhecia, de um total de 15 vinhos apresentados.
Um deles, da vinícola Sierra de Los Andes, leva o nome Doña Paula, que vinifica belos vinhos.
1-Doña Paula Sierra de Los Ande 2009 Malbec, simples, como é a proposta, robusto, e ainda um pouco jovem, com 14º de álcool que não se sobressaem, e o degustei em dia de calor descomunal.
Muita fruta no nariz e em boca, acidez muito boa, vinho que pede comida e excelente razão preço X qualidade: R$ 21,00, no dia em questão, promocionalmente por R$18,00.
Indo para vinhos com proposta mais complexa, me deparei com um delicioso exemplar do velho mundo.
2- Menut 2006, da Bodega Mas Martinet, um corte do Priorato, Espanha, com 50% Garnacha, 15% Cariñena, 15% Syrah, 10% Cab. Sauvignon, 10% Merlot. Macio, redondo, com muita fruta e coco no olfato, devido seu estágio em barris de carvalho Francês por 18 meses.
Prontíssimo para beber e agradar, com seus 14,5% de álcool, faz equilibrio com taninos e acidez, e é próprio para harmonizar-se com gastronomias mais gordurosas, suculentas de carnes vermelhas, caças em geral e assados.
Com queijos mais curados e salgados, deve ficar muito bom, pois seu dulçor devido ao álcool facilita esta pedida.
Creio que de novo arrasou pela relação preço X qualidade: R$59,00 e no dia na promoção R$50,00. Foi o vinho que escolhi para a foto!
3-Heras Cordon Reserva 2004-um Rioja com 90%Tempranillo e 10% Graciano.
18 meses de carvalho Francês e Americano, tornaram-no aveludado, e pelo tempo de guarda, seus taninos, embora ainda presentes são um complemento ideal para assados e grelhados de carnes vermelhas.
Nestas degustações promovidas pelas importadoras temos a grande oportunidade de conhecermos belos exemplares, servidos de forma correta e atenciosa.
No serviço da mostra estava um amigo de longa data o Jorge, Chileno de coração Brasileiro, que conhece tudo e algo mais.
No bistrô outro amigo, além do Eduardo, empresário responsável pela unidade, o Ademar, sempre correto e impecável no trato e nas sugestões tanto de gastronomia como de vinhos.
Parabéns mais uma vez à Grand Cru, em especial à unidade Moema, e só me resta pedir que degustações como esta sejam mais frequentes, onde todos podemos aprender mais.
Grand Cru
www.grandcru.com.br
Grand Cru Moema - Eduardo:
Al. Nhambiquaras, 614
11 3624-5819
eduardo@grandcrumoema.com.br
Até o próximo brinde!

Álvaro Cézar Galvão

8 comentários:

Rômulo Lôbo disse...

parabéns pelo post, gosto muito de postagen que apresentam belos vinhos com preços honestos. Abraço, Rômulo Lôbo.
www.golesedicas.blogspot.com

Álvaro Cézar Galvão disse...

Rômulo, que agradece a interatividade sou eu; obrigado.
Quem acompanha meus posts sabe que não costumo colocar preços, pois bem cedo descobri que estes são tão relativos ao poder de compra e de satisfação alcançada, que em muitas vezes não correspondem às expetativas. Mas em alguns casos como os desta postagem, não temos como excluí-los do processo. Mesmo que para alguns a relação preço X qualidade não seja a mesma.
Obrigado pelas observações e pelo blog.
Abraços de luz
Álvaro Cézar Galvão

Confraria2panas disse...

Boa Álvaro!

É bom quando encontramos vinhos baratos que trazem qualidade.

abraço
Evandro

Álvaro Cézar Galvão disse...

Caro amigo, é tudo o que nós enófilos sonhamos.
O Menut é à meu ver, um achado pelo preço, pois é outra proposta que o simples, porém honesto, Sierra de Los Andes.
Abraços de luz
Álvaro Cézar Galvão

Maela disse...

Interessante este Menut, vou provar!

Álvaro Cézar Galvão disse...

Maela, creia-me, não se arrependerá, é ótimo, e desta safra, está pronto para se extrair o que tem de melhor dele
Beijos de luz
Álvaro Cézar Galvão

Nicolas F. Torres disse...

O Menut é um excelente vinho, que vai além do seu preço. Mostra complexidade, elegancia e uma identidade consistente das garnachas do lindo Priorat!..é um verdadeiro achado espanhol!...parabén Alvaro!

Álvaro Cézar Galvão disse...

Nicolas, não foi por acaso que o inclui no post entre os vinhos que eu não conhecia e que me chamaram a atenção.Que bom que concorda comigo.
Obrigado
Abraços de luz
Álvaro Cézar Galvão